sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Quem tem medo do porco mau?

Mamãe 1x0 gripe.

Minha mãe escreveu este relato sobre a convalescência da minha irmã semana passada:

Depois de 5 dias de isolamento, hoje a Isabel volta a circular com saúde.
Quarta passada ela acordou passando super mal: febril, moleza, dor de cabeça, tontura, ânsia de vômito. Na possibilidade de ser gripe suína, não mediquei para não mascarar os sintomas. Às 14h a febre já estava 38,7, e a prostração total.

Liguei para um médico amigo da família e recebi a seguinte orientação: Só a leve ao hospital se ela estiver com dificuldade respiratória e medique como sendo uma gripe forte. Os hospitais públicos estão lotados. Mesmo indo a um hospital particular, o acesso ao Tamiflu tem que ser autorizado pelas autoridades sanitárias.
Então iniciei um tratamento intensivo: antigripal, antitérmico, descongestionante nasal, vitamina C, homeopatia para gripe, amigdalite e tosse – de hora em hora e muito líquido. Oferecia um pouquinho de comida de 3 em 3 horas. No 3º dia entrei com antiinflamatório. A mantive em isolamento. Separei, inclusive, a louça e o banheiro para não contaminar os outros.
Hoje a Bel está de alta total. Já fizemos até uma caminhada matinal.
Minha irmã sugeriu fazer exame para pesquisar o vírus e eu preferi não enfrentar aglomerações de doentes. Se foi gripe suína não sei. Mas esta foi a primeira vez que ela foi nocauteada ao entrar no ringue.
Com esta, até perdi o medo desta pandemia. Se alguém aparecer gripado, apelo logo no início para evitar maiores complicações e aconselho a todos a fazerem o mesmo. Hospital só em caso de dificuldade respiratória, pois os óbitos são geralmente causados por pneumonia. Só pra prevenir, estamos todos tomando 1g de vitamna C por dia, por tempo indeterminado.
O Governo não pode mandar a população se automedicar, mas nesta situação, para mim, este é o melhor caminho.

Assinado, Doutora Luzia CRM 007

Eu perguntei: "Mãe, posso publicar seu relato?" Ela respondeu: "Não, podem cassar meu CRM que eu passei 30 anos para conquistar..."

OBS.: Minha mãe é economista, funcionária pública aposentada e, nas horas vagas: arquiteta, costureira, pintora, desenhista, professora, cozinheira, enfermeira, médica e comediante.

6 comentários:

Luíza Diener disse...

ahahha! Dra Luzia CRM 007!
adorei!
sua mãe é demais mesmo, lia!
aliás, seus pais né?

tenho certeza q vc tb vai ser essa mãezona toda guerreira, descolada e bombril nas horas vagas (?)
ehehhehe!

ps: nem sabia que bel andou tão doente assim.
depois vou dar uma ligada la.

Patricia disse...

Adorei! Sua mãe, ao contrário de muitas, levou com tranquilidade o assunto que está deixando todo mundo de cabelo em pé. Muito bom.
Aqui onde trabalho houve um caso de gripe suína. Pânico total. Eu, com bebê pequena, tive que me afastar dela por 7 dias. Graças a Deus a pessoa contaminada foi medicada e está bem. E ninguém mais pegou, nem mesmo na casa dela.
Tks god!
bjs

Paloma, a mãe disse...

Lia, amei sua mãe!!! Leva ela pro nosso encontro?
beijo grande para toda a família.

P.S. Meu pai tem mania de automedicação (com o sem epidemias). Eu digo: "Mas, pai, vá pro médico". E ele: "Não, eu sou filho de médico, já aprendi tudo desde pequeno". Aham.

Renata disse...

Muito bom o texto da sua mãe...adorei!

Marina Guimarães disse...

dra luzia é realmente incrível, sempre atenta. é um prazer conhecê-la.

Tathy disse...

Nada melhor do que a experiência materna. Eu já fiquei gripada 3 vezes esse ano, preciso rever a minha alimentação.

Bjkas

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.