quarta-feira, 19 de agosto de 2009

*?(&)#@{*}!

Não sou de falar palavrão. No máximo, solto um m**** muito raramente, mas quase sempre pra zoar meu marido ou minha irmã. Adoro ver a reação deles. O Rafael é assim: “O que você disse? Não escutei direito. Repete.” A Lídia, que conversa muito comigo pelo Gtalk, diz: “Este chat não tem lugar para esse tipo de linguajar.” Mas é inevitável xingar um pouquinho de vez em quando com os clássicos “droga!” e “saco!”.

Daí que o Rafael reclamou que eu ando usando demais esse vocabulário chulo. “Já pensou quando o bebê vier, você falando assim?”.

E é verdade, as crianças aprendem e repetem. E se fosse só repetir ainda seria menos mal, você dá uma bronca e sai cheio de moral. O pior é quando eles soltam uma justificativa que te deixa com a cara no chão. Dia desses minha mãe repreendeu uma criança de três anos porque falou “droga!”. A resposta do menino:

- Ué, foi minha vó que me ensinou.

Novamente minha mãe – que detesta palavras desagradáveis –, argumentando com uma menina uns anos mais velha que “droga” era palavrão.

- Mas tia, a droga que eu falei é de remédio, não de palavrão.

Rá!

Ok, é bem mais legal dizer coisas agradáveis e inspirar as crianças a não serem pessoas reclamonas e explosivas. Mas o que você diz quando vai virar o omelete e voa ovo cru no chão e no fogão que você acabou de limpar?

- Oh, céus, que lástima. Lálálá, não faz mal, limpamos outra vez.

Um “saco!” nessas horas é excelente para extravasar... e em cinco minutos está tudo limpo novamente e você cantarolando igual a Poliana. Lindo, não é mesmo?

****

P.S.: Meninas, valeu demais pelos comentários no último post. Vocês salvaram a minha vida.

3 comentários:

Renata disse...

Quem me dera conseguir falar só "saco"...meus palavrões são bem piores...ou melhor, eram, pq estou prestando muita atenção pra não falar mais nenhum, já que o André está começando a repetir mil palavras e eu acho horrível criança falando palavrão. Tenho obtido sucesso nas minhas tentativas, mas ainda não voou ovo cru pela minha cozinha...rsrsrsrs!
beijos, Re

Letícia Volponi disse...

Menina, você é extremamente polida perto de mim. Escrevi um post recentemente sobre isso porque a Laura já está na idade do papagaio e repete tudo o que eu falo. Estou me controlando ao máximo, mas o marido ainda não consegue. Agora, além de evitar, falo para ela brigar com ele quando escapa um palavrão.

Thaís Rosa disse...

putz... tb sou da turma boca suja!! e, pior, maridão também! estamos fu****!!! rá! Caio já tá super papagainho, vai ser fo***!!! hehehehehe!! será que vou conseguir melhorar??? Vai ser do car*****!!! perdão pelas más palavras....hihihi

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.