segunda-feira, 31 de agosto de 2009

A hérnia e a barriga pós-almoço

Continuo meio fora do ar, impossibilitada de ficar mais de meia hora na frente do computador por causa de mais uma crise de torcicolo. Motivo? Duas hérnias de estimação que tenho na cervical. Desvantagem: dor e restrições de movimento. Vantagem: uma semana de atestado. Pilates e RPG pra tratar, vamos ver se até o fim do ano fico mais parecida com uma pessoa normal.

E uma rapidinha sobre o caráter público da barriga de grávida. Todo mundo pega: marido, parentes, chefe, amigos e até desconhecidos. Os mais próximos querem fazer carinho no bebê e conversar com ele. Não me incomodo, contanto que respeitem um limite: a hora sagrada da refeição. Lá está você, depois de bater um pratão de risoto, beber 5 taças de suco de uva e se entupir de morango com chantilly. E daí vem sua irmã querida esfregar sua pança.

Não rola.

4 comentários:

Renata disse...

Isso me irritava muito no comecinho da gravidez...Logo que eu descobri que estava grávida aquela barriga que existia ali era minha, de chocolate, sorvete, panettone e não era bebê ainda. E o povo adorava colocar a mão na pancinha...eu tinha ódio. Depois do barrigão grande, deixou de me incomodar!
beijinhos

Patricia disse...

Hahahaha...eu também não era super fã desse momento barriga pública. As pessoas ao seu redor só enxergam a sua pança e vem logo com o mãozão dar uma benzidinha...Mas irmã tem free pass, né? beijos

Paloma, a mãe disse...

Eu me incomodava com o caráter público da barriga.
Sobre as hérnias, te desejo melhoras. E muito RPG/ Pilates. Porque o peso da barriga vai aumentar e vc precisa ir se preparando.
Beijo grande!

Lidia disse...

Só quero da carinho para o Xubros....vc é malvada....

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.