sexta-feira, 16 de julho de 2010

Blabluagua

Leio muito pelos meus blogs preferidos listinhas das palavras engraçadinhas que os bebês falam. Tipo "abua = água", e por aí vai. Obviamente Emília ainda não chegou a este nível de evolução, mas eu sim, aparentemente cheguei a este nível de involução.

Agora que Flóris começou a balbuciar fonemas mais elaborados, talvez seja a hora de começar a falar direito. Ela não, eu. E a lista é minha mesmo:

- Quicesa = Princesa
- Olus nos meus olus = olhos nos meus olhos
- ula = olha
- muto lida = muito linda
- platinha = plantinha
- Zitcha, Zizitcha, Ziribonga, Flóris Lóris = Emília

Sem contar que ando falando o "r" igual Gringow, tipo "vamos trocar a frwalda, Corwação?", ou "ai que frwio!"

Será que tem problema?

16 comentários:

Kah disse...

Dia desses eu estava lendo sobre isso...
... aqui: http://revistababyecia.com.br/mamae-gravidez/13/primeiras-palavras-auxilie-seu-pequeno-a-falar-corretamente-161577-1.asp
... e aqui: http://www.escutaanalitica.com.br/errado.htm

Aparentemente pode trazer alguns problemas, mas sei lá, tudo hoje em dia pode trazer alguns problemas. E tem que seja contra e a favor de tudo, então.. Não sei.

Beijos e parabéns pelos 6 meses da Corwação

Roberta disse...

Hahahaha, adorei o "olus nos meus olus" !!!!

Kelly Resende disse...

hehehe, tb faço isso, invento palavras, troco letras e tudo o mais. Ainda por cima sou mineira e pra nós tudo é "inho", outro dia li um post, não lembro onde, sobre isso, que o filho começou a falar e não dava pra entender nada pq ele falava o final da palavra e era tudo inho. rsss
Beijos

Fabiana disse...

Fora que é super engraçadinho de se ouvir, dizem os especialistas que tem problema sim.

Eles pedem pra falar correto com o bebê e qdo ele começar a falar, é pra tentar se segurar ao máximo e falar corretamente.

E não ficar só adivinhando o que a criança quer. Incentivar ela a falar, nem que seja errado.

Mas que é lindo e "dotoso" falar desse jeitinho, ahhhh é =)

Bjos.

Nutrição & Cia disse...

Ai que delícia lembro-me das primeiras palavras erradas da minha linda. Muito bom, sabe que algumas a gente até aderiu e começamos a usar eu e marido. A gente fica bobo mesmo.
Lembro-me um dia ao chegar na porta de casa ela reconheceu a casa e disse "Techô" ao invés de chegou! Gente aderimos na hora e falamos techô até hoje. Bom não faz tanto tempo assim, acho que um ano talvez...bjs

Cíntia Anira disse...

Por aqui nós temos "óla nu peio" - olha no espelho; "hozi cê tá felizi?"- hoje você está feliz? hehehhe...

Tathyana disse...

Hhahahahah pessoa doida!!! E se prepara porque se ela sair como Alice vai falar no mês que vem. Bjsssss pra Flóris que sorriu pra Titia na rua!!!

piscardeolhos disse...

hahahahahahahahahahaha.
lia, lia.
reformula isso, pelamor hein?
outro dia vi uma mulher na biblioteca infantil que falava assim com a filha de 5 (CINCO) anos.
deu vontade profunda de deslizar o atlas na cabeça dela.

Carol disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

comecei a gargalhar alto aqui no trabalho. Aí fiquei pensando no pq (o post é ótimo, dá pra gargalhar sem pensar no motivo, mas veja bem o resto do causo). Aí me liguei que eu TAMBÉM faco isso. Com o cachorro cujo nome é Chimi Churri e eu falo Tuntis, Titico, Piquito, Pirulito, Nhónhó e por aí vai. E com o filho na barriga também: Poroto (que é grao de feijao em espanhol), Porotinho, Inho, Nhoc, Tuntis, Titico... só falta eu chamar o filho de Chimi Churri. E o marido de Poroto. E o Chimi de Nhoc. E eu de Retardada.

(respondendo a tua pergunta: acho que tem problema nao, meu cachorro e marido e filho na barriga sao normaizinhos, apesar de mim).

Ana disse...

Kkkk
Já vi muitas falas do filhote mas da mãe é a primeira vez. Kkkk
O problema é que pelo jeito quando a Emilia começar a dizer suas primeiras palavras, é vc que irá aprender. Rs
Beijos

Paloma, a mãe disse...

Aqui nós parecemos dois abestalhados falando em Cicês. A gente simplesmente não consegue não falar do jeito dela, que é infinitamente mais bonito que o português da gramática, fazer o quê?
Beijos

Renata disse...

hahahaha, muito bom!!!

Marina disse...

hahahaha
eu falo normal com a Bia, mas chamo ela de Pitibíri ou Pitibiríbi! hahahaha
Loucura total!

Letícia Volponi disse...

Olus nos meus olus me deu saudade do meu "sobrinho". ele assistiu sinbad tantas vezes que decorou as falas e dizia: Olus nos meus olus e me diga... voxê robô o livo, tia Ieiê?

Mamma Mini disse...

Isso não pega Lia pode ficar tranks, todo mundo tinha certeza que meu filho ia aprender a falar "quisito" por causa do jeito "meio retardado"que a mamis dele aqui falava com ele, e olha, não deu em nada, com o tempo a gente evolui e junto, conforme eles aprendem a falar, o botãozinho "estímulo" é automaticamente apertado e detalhe: a gente fala certo pra ver a alegria de ver eles repetindo... é o máximo... claro que tem uns lapsos, deslizes, ex. eu chamo a barriga dele de "biliga" e ele começou a falar: mamãe deixa eu ver sua biliga... mas ele sabe que é barriga tá? e eu acho tão bonitinho....rs rs rs rs rs
bjs

Coisas de mãe disse...

hahaha Se tem problema? Acho que nao hahahah só se vc ficar falando assim na padaria, no supermercado, com a vizinha...:)

bj

Pati

http://coisasdemae.wordpress.com

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.