quarta-feira, 19 de maio de 2010

A rotina, o sono, os livros e EU QUERO JOGAR O RELÓGIO NA PAREDE!

Rotinar ou não rotinar, eis a questão.

Dizem os especialistas que tem que ter uma rotina, senão o bebê surta, não dorme, surta mais um pouco, mama de hora em hora e a mãe tem um colapso nervoso. E que o bebê, coitadinho, não sabe de nada, não sabe o que é dia, não sabe o que é noite, não sabe dormir sozinho.

Aí você lê que é tudo muito simples, acorda às 7h, mama de 3 em 3h, tira três sonecas de 1h30, daí às 19h banho, massagem, mamar e um sonho tranquilo. Até que seu bebê nasce e dá piruetas na ampulheta.

Já falei centas vezes aqui, sob o olhar assassino das mães insones, que a Emília é anja e dorme a noite toda, não dá trabalho nenhum e coisa e tal. Mesmo assim, tentei seguir a tal rotina DIFFICULT da encantadora de bebês, só pra não associar peito com sono e não estragar o motor 0km da Marquesa. Aí até dá mais ou menos certo, ela mama, fica acordada, dorme e – aí não tem jeito – acorda de novo, depois mama e tudo recomeça. Em vez de 1h30, ela dorme 40 minutos e não tem cristão que consiga estender essa soneca. Às vezes ela até reclama, continua sonolenta e consigo colocá-la no berço de novo. Mas aí dá 5 minutos ela desperta de vez.

Uma leve variação no cronograma militar da babá inglesa, mas até aí tudo certo. Ocorre que minha Flóris Lólis mama todos os dias em horários diferentes. Ela já mamou em todos os 1.440 minutos do dia. Isso porque um dia ela acorda às 5h30, no outro às 7h, no outro às 6h30... Aí o café da manhã vai cada dia num horário e, com isso, todas as mamadas seguintes ficam oscilantes. Eu malho sempre depois que ela mama. Sendo assim, teve a época da Bike Indoors, quando ela mamava às 18h30, a época do Ballness, e agora é a época da Local. Dependendo do horário dela, eu faço o meu.

E eu reclamo? Oh, no. Mas eis o problema: como dar banho todo dia no mesmo horário se cada dia ela mama num horário diferente? Pra dar banho, tem que esperar pelo menos 1h depois da mamada, por causa da golfaria. Mas também não dá pra esperar demais porque senão ela sai comendo tudo o que vê pela frente – nosso queixo, a fralda, a roupa... Compliqué.

Daí ontem ela mamou tipo 16h e eu pensei: “Perfeito, ela agüenta até umas 19h30, a gente dá banho às 19h, rotininha EASY linda”. Mas daê Flóris me resolve dar um ataque de choro ali pelas 18h que só foi consolado com uma mamada daquelas vigorosas. E agora, José? Põe pra dormir sem outra mamada e acorda a criatura às 23h pra “mamada dos sonhos”? Pensa que pensa, dei de novo o peito antes de 20h. Aí ela foi dormir empanturrada até a tampa e eu xingando por dentro de ter de levantar às 23h pra tal mamada-que-faz-o-bebê-dormir-até -as-7h. E eu com os peitos vazios e sem a menor vontade de despejar mais leite naquela barriga cheia. “Mas e a rotina...”

Não sei se foi meu inconsciente, se o despertador não tocou ou o quê, mas acordei 1h30 e pensei: “lá se foi”. Voltei a dormir. Ela acordou às 4h30, como já vem acontecendo há algumas semanas (alegrem-se, mães insones), e o Rafael a pôs de volta pra dormir como de costume, sem a alimentar. E só acordou às 6h30 pra mamar. EU SABIA QUE ESSA PORCARIA QUE ME ACORDA ÀS 23H ERA INÚTIL.

Conclusão é que o único jeito de fazer o ritual do sono mais ou menos no mesmo horário é alimentá-la quando ela não estiver com fome ou, pior, ficar enrolando a pobre faminta até dar a agenda. E minha filosofia livre demanda (OMS rules) ia pros buracos. Daí quis chutar o balde, jogar o celular na parede (porque relógio ninguém mais usa), mas minha neura não deixou.

Até que meu celular caiu no fosso do elevador. Senhor ouviu minhas preces!

+++

Gentes, eu não odeio a Encantadora de Bebês, muito pelo contrário. As dicas sobre os tipos de choro são maravilhosas e ela traz várias orientações pra gente não ficar perdido. E a técnica Pick up-Put down pra fazer o bebê voltar a dormir à noite salvou minha vida, meus peitos e minha coluna.

Mas, rotinas à parte, só faço questão de duas coisas: que a Emília esteja saudável e feliz e que ela durma à noite. Porque insônia só é meu sobrenome embaixo da terra.

20 comentários:

Ju disse...

oba! Não estou sozinha.rsrsrsrsrsrr
Desculpe Florismãe , mas soltei esse "öba"assim de supetão.É...a vida é assim , sabe que eu tb tentei rotinar a todo custo , mas cada dia era um dia,aí fui ficando nervosa , ansiosa e esperando as 19 pra dar o banho e sempre acontecia algo para atrapalhar meus planos , aí desrotinizei total.Faze o que , né? xa rolar. Sabe tenho uma amiga cijo o nome é cuca fresca. a filha dela tem a mesma idade da minha , e ela é tão sossegada , mas tão sossegada que eu , juro , tento me inspirar nela todos os dias.Com 35 dias a nene ja estava dentro do mar do Guarujá,com 2 meses ganhou chão e foi pra Espanha de mochilão.dormia cada dia num lugar cada dia numa hora , e taí a bichinha...dorme a NOITE inteira desde que nasceu.10h seguidas , pode??
Relaxar, eis o segredo do sucesso.(ainda falta pra eu chegal lá , mas tento)
beijos

Lua Ugalde disse...

Eu tbm li esse livro antes do Heitor nascer...Confesso que tento segui-lo mas de forma mais relax, sigo a ordem das letrinhas, mas não exatamente os horários.
Ainda bem que o Heitor acaba mamando a cada 3 horas mesmo e com isso consigo fazer bem as coisas durante o dia.
Quanto a noite,isso é outra história, ultimamente ele era um anjo de dia e um diabinho a noite, mas graças a Deus ele voltou a ser o meu filho dos primeiros dias...rsrrsrs
ele dorme bem a noite, mama a cada 3h tbm, mas eu não!depois da mamada tem que colocar ele pra arrortar ( e o danado resolveu arrotar parcelado), pq se não for feito isso ele coloca tudo pra fora. Com isso eu perco pelo menos mais 1h!!!ou seja, sou uma quase insone..rsrsrs

Beta disse...

Lia, a rotina quem demanda é você e ela, se está bom pra vocês então quem é a Encantadora pra dizer o contrário? A Bia com 1a8m tem uma rotininha bem estabelecidinha, mas é porque ela já é grandinha, mas mesmo assim ocorrem oscilações nos horários dela, tem dia que acorda as 6:30 tem dia que acorda 7:30 e todas as variantes entre esses horários, tem dias que mama antes de dormir tem dias que acorda as 4 pra mamar...sobre a importânica da rotina ela serve pra treinar o bebê pra mais tarde quando eles já começam a ser pessoinhas mesmo, porque aí eles não têm poder de negociação, do tipos agora é hora do banho ou de dormir ou da soneca, ela já sabe direitinho o que vai acontecer e chama a gente pra ir acompanhá-la, eu adoro isso. Quanto às sonecas da tarde ela só começou a dormir mesmo depois da escola, antes ela dormia 40 minutos agora são 2 horas. Não vire escrava do relógio, faça o melhor pra vocês e verá como uma rotina depois de estabelecida se torna facinho. Bjo Roberta

Lu disse...

Lia
aqui em casa funciona tudo no esquema do Easy Mariana, ou seja, tem dias que tá tudo na maior rotina e outros que tá uma zona.
Qto a mamada dos sonhos, eu aboli daqui de casa há algum tempo. Percebi que a Mariana ficava com o estomago muito cheio e dormia mal, geralmente tendo gases a noite.
Então agora funciona mais ou menos assim. A ultima mamada é entre 7 e meia e 8 horas e a próxima é só as 6 ou 7 da manhã. Foi super fácil tirar ela da mamada da noite (bem diferente do Serginho). Como ela chupa chupeta, quando ela começa a manha é só colocar na boca e voltar a dormir. No começo eu fiquei com dó e medo dela ficar com fome, mas fiz o teste e fui deixando cada vez mais tempo sem mamá. Só que tem um detalhe: ela mama a mamadeira que sustenta mais, por isso acho que aguenta mais tempo.
Bjs
Lu

Kah disse...

Melhor uma sem-rotina que dorme a noite, que uma com-rotina que não dorme.

Se todas as crianças fossem iguais seria fácil demais, encontrariam uma fórmula e tcharam! Como cada mãe é uma mãe e cada bebê um bebê, o jeito é seguir o ritmo deles e encaixar algumas necessidades nossas.
Com o tempo o próprio bebê cria sua rotina.
E se sem seguir nenhum livro e nenhuma rotina está todo mundo feliz e serelepe, melhor aproveitar e curtir sem rotina mesmo!

Boa sorte com a rotina, ou com a falta dela.
Beijos

Ana disse...

Hehehe
Lia, a encantadora de bebês tb me salvou muito.
Que ela descanse no céu pq para mim ela foi muito útil e necessária. Rs
Mas rotina não tem nada a ver com o relógio.
Rotina é a Emilia saber a ordem das coisas.
Acorda, mama, brinca, soneca, acorda, mama, brinca, banho, mama e assim vai.
Assim não importa se ela acorda um hora mais cedo ou mais tarde.
A ordem das coisas não muda.
Se acordou mais cedo irá mamar mais cedo, dormir mais cedo.
Deixa esse rigidez de horario para quando a Emilia ir para creche ou para escolinha.
No mais relaxa.
E para mim a Emilia só tira sonecas rapidas porque dorme bem a noite toda.
Coisa rara, vc sabe. hehehe
Beijos

Roberta disse...

Aqui sempre fui fã de rotina, no inicio queria fazer tudo certinho na hora exata. Até que entendi que rotina não significa horários rígidos, mas percebi (no meu caso) que o que funciona bem é a seqüência que as coisas acontecem. A mamada, o massagem, o banho...mesmo que em horário diferentes por conta de N motivos...Agora com um 1 ano e 4 meses seguimos bem uma rotina, e ele dorme a noite toda tranquilamente. Porém, tivemos que nos adaptar com o horário de verão e os dias mais longos ele passou a dormir 1h depois do que a habitual e mesmo assim tenho que deixar o quarto bem escurinho!
Então, logo, logo vcs encontram a rotina de vcs!!
bjs

Cynthia Santos disse...

Lia, JOGUE FORA O RELÓGIO, SIM.
A rotina não deve ser baseada em horários, e sim, em atividades. A Emília é muito novinha pra seguir horários, principalmente se você amamenta em livre demanda. O meu filho era igualzinho à Emília, de noite, acordava no máximo duas vezes pra mamar (isso nos 2 primeiros meses) e foi reduzindo, até que hoje só os dentes perturbam nosso sono noturno, já de dia... era um caos. Eu me descabelava também porque não conseguia seguir horários com ele, até que li numa comunidade do Orkut chamada "Soluções para noites sem choro" - livro da Elisabeth Pantley, que não devemos nos basear nos horários, e sim, nas atividades. Os bebês precisam ter uma noção do que vem depois do que, e não da hora de fazer isso ou aquilo. Então, baseie sua rotina com a Emília nas atividades. A nossa era assim:
-acordar
-mamar
-banho - eu não me preocupava se tinha uma hora ou menos de mamada, simplesmente seguia assim. O banho é muito rápido, e a imesão, mínima, pra poder causar algum problema.
-soneca (quando ele dormia)
-e ia seguindo o dia, de acordo com a fome que ele tinha, trocasa de fraldas, etc...
-no fim do dia, outro banho, pra relaxar
-mamada - se coincidia com a minha hora de dormir, ok, senão, bastava ficar atenta e esperar o "chamado"...ehehehe A mamada dos sonhos só começa a surtir algum efeito lá pelos seis meses, foi quando percebi que ele ia até mais tarde, sem acordar no meio da noite.
Com o passar do tempo, a Emília vai entender essa rotina e ela vai fazer os horários dela, simples assim (benefícios da livre demanda). Depois que desencanei do relógio, tudo passou a fluir mais fácil.
Sou fã da Encantadora, mas não aprovo nem sigo tudo que ela indicou, e ainda junto com as dicas da Elizabeth Pantley, consegui acalmar as coisas em casa.
Mas insista na rotina, os bebês PRECISAM dela. Vocês vão ver os benefícios mais pra freten, pra você ter uma ideia, hoje o Arthur mama às 21h (desde os seis meses de idade!), vira pro lado e dorme, eu só preciso estar do lado dele, na cama. Se ele passar do horário, fica enjoado e choroso, e pode perder a "janela" (já leu sobre ela, certo? Isso acontece mesmo, em qualquer idade!), e aí, degrincola tudo!
Deixa o relógio pra lá!
Beijo grande!

Paula Dreger disse...

Ai Lia, adoro seus textos. E você falou muitas verdades. Acho que hoje em dia muitas mães lêem o Encantadora de bebês. Eu, na verdade, li e não segui muita coisa.
Bel sempre foi difícil de mamar. Quando era peito ficava horas e não ficava satisfeita. Depois a mamadeira também demorava horas e horas. Eu até usei uma mamadeira que ela indica, mas como a Bel tinha refluxo (fica tranquila que passa!) o leite dela era grosso e por isso não passava direito no bico da tal mamadeira. Enfim, muito difícil, mas passou.
Posso te dizer que eu não conseguia seguir uma rotina de horários muito restrita. Eu apenas respeitava as solicitações da minha princesa. E deu certo.
Siga seu instinto e não fique maluca com as horas.
E não se preocupe, as coisas melhoram, a gente passa a dormir mais, e as crianças mostram para a gente como devemos fazer.
Um beijo,
Paula

Tati Schiavini disse...

Oi, Lia. Acho toda dica válida pra criarmos a rotina dos nossos bebês, mas servem só como guia, porque no final das contas o que prevalece é o bebê, o que percebemos dele e o que vamos seguindo. Calma que tudo se ajeita. Beijo e boa sorte!

Cíntia Anira disse...

Lia, eu experimentei a rotina "desestrturada" e está valendo. Sigo a sequência, mas sem os horários rígidos. Cronograma militar não dá não!...hehehehehe...

Juliana disse...

Posso estar errada, mas quem determina todos os horários é a minha bebê. Tá tudo bem, ela é um anjo, dorme a noite inetirinha, mas o peito é quando ela quer, de3/3, às vezes de2/2 e pode chegar em algumas mamadas de1/1. Mas tem funcionado muito bem. O banho é noite, pode ser às 20h ou até as 23h, conforme o mamá também. E tem dado muito certo.

Ana Paula disse...

hehehehehehehehe
Mais um post excelente Lia, parabéns !
Bom, ainda não tenho a minha filhota aqui do lado de fora da barriga, portanto não posso compartilhar experiências com vocês. Mas pelo o que vejo você contando aqui no blog, você vem fazendo um excelente trabalho com a Emília. Portanto, fica tranquila, que a rotina vai se estabelecendo dia após dia...afinal de contas, se não fosse assim, não seria rotina, né?
Um grande beijo,
Ana Paula

Micheli disse...

Eu não li o livro, mas sempre procurei manter a rotina da Clara na hora de dormir, com banho, mamada e sono. Mas durante o dia nos batemos até hoje. Ela tb dormia muito bem à noite desde pequena, mas foi nos inconodar bem mais tarde, sempre que saía dentes (acordava com dor, não para mamar, por querer consolo para o incômodo, rompendo a gengiva tudo normalizava). O horário de dormir ela acostumou desde cedo e dorme no mesmo horário até hoje, por volta das 21h30min (a menos que a gente tenha compromisso à noite e mude um pouco as coisas). Não é tão cedo, então é um horário mais possível de encaixar dentro da nossa rotina. Enquanto eu amamentava tb era com livre demanda e me lembro que sempre tinha esse porém de ficar contando o tempo da última mamada até o banho e lembro que era complicado. Muitas vezes ela tomava banho já berrando que queria mamar de novo, muitas vezes era um sufoco e o banho acabava atrasado ou adiantado em alguns minutos por conta disso. Ela tb sempre dormiu pouco de dia e tb não eram horários muito rígidos, tb tinha haver com a hora que acordou, como vc falou. Ainda que até um ano ela acordava quase sempre às 8h, no máximo uma hora antes disso, então não variava tanto assim. Mas se serve de consolo, depois que passou a comer e diminuir as mamadas, foi ficando mais fácil essa hora do banho-mamada-dormir. Depois que desmamei é que ficou um pouco mais trabalhosos fazê-la dormir, mas sigo a mesma rotina até hoje e acaba por dar certo, mesmo que agora maiorzinha o horário varie um pouquinho mais (não muito) dependendo da agitação do dia.
Um beijo!
clarinhacoqueirinho.blogspot.com

Carol Garcia disse...

Sou super a favor da rotina, principalmente se nela estiver incluida uma noite de sono bem dormida.
Meu pequeno vive variando a rotina de sonecas e de madrugada sempre tem um mamãaaaaae.
consegui tirar a fominha do meio da noite, mas desde segunda-feira ele vem pedindo uma mamadeira religiosamente as 3 da madrugada.
aí aguenta, porque parece que o tetê é feito com leite de DURACEL...
kkkk
vou tentando...
bjocas
carol
http://viajandonamaternidade.blogspot.com

Micheli disse...

Sobre o seu comentário. Varia de criança para criança. Minha sobrinha teve os primeiros dentes com quatro meses. Tem criança que nasce com dente e outras vão ter só com um ano. A minha teve oito dentes saindo praticamente de uma vez em um mês e meio, já pensou que loucura? E mais quatro nos outros seguintes, com 1a 5m já tinha 16 (no caso dela os adiantados foram os caninos). Assim como os sintomas, cada bebê sente de um jeito, reage de um jeito, ou nem sente nada (um dos meus sobrinhos não teve nada). O sintoma da Clara era sempre acordar à noite (sendo que dormia bem tirando isso). Bjs.

Marília, mãe do Miguel disse...

Oi Lia!
Tbem li a Encantadora de Bebês na gravidez e quando o Miguel nasceu quis colocar em prática o EASY! Quase fiquei louca,porque amamentava em livre demanda...
Resultado: um diário todo preenchido com o dia dele e uma mãe frustrada por não conseguir seguir a mesma rotina todo dia. Até que joguei o diário e o relógio fora,rs.
Fui indo bem.
Miguel é muito dorminhoco, só acorda 1 ou 2 vezes pra mamar na madrugada e dorme bem de dia, ou seja, dava pra levar sem rotina...
Até que li "Soluções para noites sem choro": salvou minha vida! Finalmente entendi o "espirito da coisa" sabe?
Nao anotava mais nada e só fiquei observando os sinais do meu filho.
Hoje, aos 2 meses e meio: eu tenho uma rotina! E sem neuras!
Aprendi coisas essenciais como: um bebe de 2 meses não consegue ficar mais que 2 horas acordado! E é mesmo! Miguel mama, a gente brica,troca fralda, etc...e menos de duas horas depois do mamá: tá ele coçando os olhos, bocejando...irritado. Aí é que ponho ele pra dormir! Sigo ele e não mais o horário. E assim ele determinou a rotina dele.

Agora lendo seu post e os comentários, acho que sou sortuda viu? Miguel vai dormir às 19:30, 20:15 h no máximo, acorda 02:00 da matina pra mamar (7 horas seguidas hein?), volta a dormir umas 02:15, acorda 06:00, mama, volta a dormir 06:30 h, acorda 08:00 pra valer.

Tira uma soneca de 2 horas pela manhã: das 10:00 ao meiodia mais ou menos.

E outra soneca de mais 2 horas à tarde: das 14:00 às 16:00 mais ou menos. Às vezes essa da tarde é de 3 horas.

rs...

Eu sei que isso pode e vai mudando com o tempo, mas que sou feliz sou...

Recomendo e muito a leitura do soluções viu?

Beijão

Brenda disse...

Ih Lia, relaxa que o único relógio que funciona com o bebê é o biológico. Aqui em casa tem hora pra comer e pra dormir, mas quando a Stellinha mamava, e olha que ela era um anjinho também, eu dava o mamá na hora que ela tava com fome, mas fazia um bom intervalo pra dar mamá denovo. Ela não era um relóginho não, mas como usou chupeta (sei que não é a sua, mas aqui sempre foi uma mão na roda), nunca pedia pra mamar denovo tão rápido mesmo. E dormir a noite toda, fooi acontecendo aos poucos. E vocês tem sorte com a Emília, porque pelo visto ela dorme bem. Sei que você não tava pendindo conselho, mas eu sou da teoria de que se o bebê tá dormindo, vai acordá-lo pra que? Achei essa mamada das 23h meio sem sentido, porque se ela só acorda pra valer quando tá amanhecendo mesmo, deixa ela mesmo acordar pra mamar no meio da noite. Sei lá... Eu fiquei sem entender o próprosito da mamada das 23h, já que ela anda acordando no meio da madruga mesmo, ela pode mamar nessa acordada. Hehehehhehe... Mas como você não pediu conselho, deixa pra lá! Bjus e até hoje a noite, né?!

Marcella Nathaly disse...

A rotina de Lulu foi ela que criou: quando vai anoitecendo ela esfrega os olhinhos e é quase como se pedisse para dormir. Mas quanto a noite, ela tanto pode dormir a noite inteira quanto acordar umas 3 vezes, e sempre que acorda tem que comer e trocar a fralda. Durante o dia mal tem soneca, quando tem é tão rápido que não dpa pra eu fazer nada.

É, cada bebê é único mesmo...

Juliana disse...

Respondendo ao teu comentário: sério o que tu falou sopbre o espinafre e a beterraba? Não tinha nem noção. E vou te sugerir um assunto pra um post futuro: uma aulinha básica sobre bons alimentos pros nossos filhotes, hehehe. Olha a rsponsa aí! Um grande beijo e já estou mudando de idéia sobre a abobrinha.

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.