quarta-feira, 5 de maio de 2010

Cinematerna com dois bebês

Já fiz meu estágio pra ter gêmeos.

Cunhadinha santa aceita nos levar ao cinematerna. Nós = eu, Emília, amiga e filha de amiga. Idade, quase 11 meses. Loira linda fofa olhos azuis.

Cunhadinha no volante, mamãe aqui no banco de trás acompanhando Emília na cadeirinha. Emília ultimamente tem detestado andar de carro. Chora toda vez. E eu lá, cantando "olha o cavalo, alo, alo, alo, alo".

Passamos na casa de amiga e ofereço-me gentilmente para ficar no banco de trás cuidando das duas belezuras. Isso espertamente sabendo que Emília chora sempre no carro e que mocinha loirinha mais velha é mais fácil de acalmar. Esmago-me no meio das duas cadeirinhas - bendita amamentação que me levou embora a gordura do quadril!

A ida é bem tranquila. Mocinha olhos azuis se comporta super bem. Emília chora um pouco, eu cantando o cavalo alo alo, até que as duas dormem ao mesmo tempo! Ai, que beleza!

+++

O cinematerna está bombando em Brasília, minha gente! Sala lotaaaada. Cinemark, volta nóis pra sala maior, pô favô?

+++

Na saída, encontramos a Kelly com a Clarinha. Ela me reconheceu enquanto eu ficava observando aquela bebezinha fofa cabeludinha... era ela mesma.

+++

Se a ida foi tranquila, a volta nem tanto. Vindo, o sono sincrônico. Voltando, o choro sincrônico. Foram uns 15 minutos de viagem virando prum lado e pro outro: cavalo alo alo alo pra Emília, espelho elho elho e chupeta eta eta pra mocinha loira. Gentes, dois bebês ao mesmo tempo é dose! Especialmente se você está amarrada pelo cinto e não pode fazer nada além de conversar, cantar e mostrar brinquedos.

+++

E eis a dúvida que não quer calar: o que acontece com a minha filha quando anda de carro? A filha da minha amiga chorou claramente de cansaço. Esfregava os olhinhos, uma dó. Mas a Emília chora, simplesmente chora, toda vez que anda de carro. Não é um choro esgoelado, desconsolado. É uma reclamação constante, que exige atenção a viagem inteira.

Primeira hipótese: ela não gosta da cadeirinha ou o cinto está apertado. Descartada, porque ela fica na cadeirinha fora do carro numa boa, brinca, dorme, ri. Segunda hipótese: calor. Descartada, porque o carro da minha cunhada tem ar condicionado e ela reclamou do mesmo jeito.

Chegamos à conclusão que o problema é o movimento do carro. Ela entra numa boa e chora assim que o carro começa a andar. Ontem paramos uns minutos pra minha amiga ir à padaria e a Emília parou de chorar na hora, começou a brincar com o cavalinho. Minha cunhada achou até que ela estivesse dormindo. Daí comentou que quando era pequena enjoava demais em viagens de carro, e eu pensei se não poderia ser isso. Alguém tem alguma experiência semelhante?

+++

Atendendo ao pedido da Ana, Mamãe de Alice, venho dar minha contribuição pra campanha "Ajude o Theo". É um bebê de cinco meses que parece sofrer de má absorção intestinal e vem perdendo peso vertiginosamente.

Pra ajudá-lo, a Aline, mãe do Theo, está pedindo ajuda financeira para comprar um leite especial que seu filho consiga absorver. Quem quiser conhecer a história deles e puder ajudar, visite o blog da Aline.

8 comentários:

Tathyana disse...

Cinematerna, quando o Rafa nascer quero detalhes desses eventos. Sobre o chorar no carro: Alice tmb chorava e eu entendia que é porque o movimento do carro dá sono, relaxa e ela brigava contra o sono, daí o choro. Será que não é isso que acontece com a Dona Maria???

Bjssssssss

Marília, mãe do Miguel disse...

Liaaaa!
Eu tava lá!
Meu Deus como tinha bebes né? Miguel dormiu o filme TODO no sling...rs!
Dá proxima vez quero te encontrar!

Beijos

Ana disse...

Emilia é do contra!
Normalmente eles adoram o movimento do carro!
Já vi mães relatando que o filhos delas só dormem andando do carro. Muitas andam por aí de madrugada fazendo seus filhos dormirem. Rs
Eu não posso viajar no banco de trás por muito tempo. Me dá um enjoo terrivel. Meu marido idem.
Mas se ela chora de imediato ao começa a andar e para assim que chega no lugar, não creio que seja, acho que levaria um tempo para sentir enjoo e para passar.
Será que ela se incomoda com o fato de balançar? Não é chegada aos saculejos?
Tenta colocar uma musiquinha no carro.

Marcella Nathaly disse...

Esses bebês, hein? Sei não...
A minha adora ficar da cadeirinha dentro do carro, se tirar ela abre o berreiro!

Beijão!

Christina Frenzel disse...

Lia,
será que o problema com a cadeirinha não é exatamente o contrário: ela se sente solta demais? Experimenta um rolinho ou travesseirinho, algo que a deixe aconchegada!

Beijos

Renata disse...

Nossa, o André era o oposto. Adorava o carro, mas chorava em tooooooooooodas as paradas. Era só parar no farol que ele abria o berreiro, e quando recomeçava o movimento, parava na hora!
Vai entender...rs!
beijos

Juliana disse...

Lia, eu enjoei a infância inteira andando de carro. Até hoje fico nauseada se ando atrás. Quem sabe não é isso?

Laura disse...

Querida, A Clra tb chorava mto naquela cadeirinha de costas!!! Um dia meu pediatra disse: vc já experimentou andar de costas no carro ?... pois então, é terrivel !!!
Quando ela atingir o peso ideal, vc irá trocar de cadeirinha e isso vai passar !!!!!!

beijos

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.