sexta-feira, 19 de março de 2010

A orelha é minha!

Muitas de vocês devem conhecer esta história: você passa nove meses entre náuseas, vômitos, dores nas costas, crises de auto-estima, abstinência alcóolica, inchaços, falta de roupas. Depois, passa 17h em trabalho de parto, só tomando líquidos, sabendo que em breve ficará com a barriga molenga, o músculo abdominal partido ao meio e alguns insistentes quilinhos a mais. Isso tudo, pra quê? Pra criança nascer a cara do pai!

Tudo bem que ela seja parecida com o pai. O pai é lindo. Mas daí vem alguém te dizer que é a FOTOCÓPIA do pai, que ela não tem NADA a ver comigo. E esse alguém, quem é? Ele mesmo, o pai. Ainda bem que a maternidade é incontestável, né? Pior seria se fosse o contrário. Pobre padeiro...

Pior é que é verdade. Minha mãe comparou as fotos da Emília com as fotos minhas e dos meus irmãos bebês, numa inútil tentativa de achar alguma semelhança. É. A mocinha puxou mesmo foi o pai.

E o Rafael, tentando me consolar: "Amor, ela puxou seu sexo! O sexo é grande parte da personalidade de alguém."

Mas aí alguém disse: "Ela tem a sua orelha". Hem?? Orelha? Jesuis, quem é que repara em orelha, a menos que seja de abano?? (Aliás, amo bebês com orelhinha de abano, tipo Dunga dos sete anões! Coisa fofa!). Nem dei bola. Conta outra, vai, fala que ela tem o meu branco do olho.

Mas eis que ontem estava amamentando e reparei que a orelha da Emília estava virando orelha de adulto. Mais durinha, cheinha e branquinha. E olho bem. E reparo nas orelhas do marido. NADA a ver. Meu deus. A orelha é minha!

Vejam só se não é verdade...



Orelha de papai.



Orelha de mamãe.



Orelha de florzinha.

É ou não é minha filha??

20 comentários:

Marina Guimarães disse...

ver um orelha, assim sozinha, sem estar no conjunto do rosto, é bem estranho. orelhas são coisas esquisitas.

ainda vai achar muita coisa de lia em emília.

;)

Carol disse...

errrrr....
sim, é iNgualzinha!!!

fica tranquila que a orelhinha é a tua cara! hihihihi

(to brincando, viu? briga eu nao)

beijos!

Patricia disse...

Lia, como eu te entendo...ouço todos os dias que Mariana é a cara do pai. E é mesmo. Não tem nada meu. Nem a orelha. Nada. Nem o jeito. Nem o gosto. Só sei que é minha filha porque eu tava lá na hora do parto....hehhehe

agora a sua comparação de orelhas...sei não...acho que a orelha é dela mesma, não puxou a nenhum dos 2! hahahaha

Paloma, a mãe disse...

Ahahahaha, não achei parecida com a sua, não! Nem com a dele. E agora? Acho que ela puxou o seu sexo e ponto.
Mas, falando sério, as semelhanças surgem com o tempo. E tem coisa que vai muito além da fisionomia, ela vai imitar o seu gestual, seu jeito de falar, de fazer as coisas. E isso é tão lindo e gostoso de se ver (imita até as neuroses nossas de cada dia)!
Beijos

Micheli disse...

risos!
Olha, ela ainda é pequena, ainda pode mudar. Se seve de consolo, o meu sobrinho nasceu a cara da mãe, mas, conforme foi crescendo, foi ficando a "fuça" do pai! Hoje, com um ano e meio, é igual ao meu cunhado. Da mãe, só sobrou a cor da pele (minha cunhada como o filho é bem branquinha e o marido é moreno).
No meu caso, amiga, todos diziam que a minha filha era a cara do pai quando nasceu. Acontece que eu não acho!!! Os olhos não tem nada haver, são castanhos escuros, como os meus (os dele são verdes). O nariz idem, é muito mais parecido com o meu. O dele é muito, muito diferente! Só que quando era menor, o rosto dela era um pouco mais arredondado, e ela nasceu de cabelo preto (mais escuro que o dele que é castanho claro, é bom ressaltar), enquanto eu sou loira (era mais ainda quando era criança). Eu acho que é por isso que ouvia dizerem sempre que ela era a cara do pai. A boca é dele, essa eu confesso. Mas é só! A cor da pele é minha. Será que as pessoas são cegas? risos. Se comparar minhas fotos de bebê com as dela e as dele, gente, é o meu rostinho (tirando a boca). Ele era gordão, nada haver com ela é que pequena e magrinha como eu era. Agora que ela está maior, tem gente que diz que é misturinha, tem gente que diz que não dá para dizer e poucas ainda falam que é a CARA DO PAI. Por aqui ninguém fica reparando muito em detalhes, com eu. Parece que a cor do cabelo é que vale. É ou não é de revoltar? Um beijo!

Marina disse...

Hahahahahahaha!
Realmente, a orelha! hahahahahaha

A Bia é a minha cara, mas com todas as expressões do pai! Ah, e a boca tb é do pai!
O olho puxadinho é meu, o nariz, tudo indica que também é meu!! A orelha é minha!

O pé, as mãos e a boca são do pai!

Mas o pior é que mesmo ela tendo a minh carinha (e a minha família e a dele acham isso tb), TODO MUNDO que não é da família diz que ela é a cara dele! hahahaha

Ah, isso qd não dizem que ela é a cara do meu irmão (o que prova que ela parece comigo!). Mas tem horas que até eu a acho parecida com o meu irmão mesmo! ahahaha

Emília é linda e a orelhinha dela é um luuuuxo!
beijocas

Rafael disse...

Sei não... Revendo as orelhas assim, lado a lado, tô achando que a dela tem um quê da minha... hehehe

Denise disse...

Hummm, sei não Lia. Desculpa ae...mas acho que essa orelhinha linda é igualzinha a da Emília.

Ai que difícil isso, eu entendo direitinho e concordo com o que as meninas já te disseram, tudo vai mudando um pouco com o tempo.
A Elisa é muitooo pareceida com o pai, os olhos são iguais, quando nasceu não era nada parecida comigo, mas agora já percebo muita coisa semelhante.

A orelha é fofa e tá mesmo ficando com jeitinho de gente grande.

Bjs!

Tathyana disse...

Não achei não. Nem com a sua e nem com a do Rafael. Se conforma Lia!!! Eu já me conformei. Mas ó, o gênio da Alice é quase todo meu. Bjssss

Cynthia Santos disse...

Lá em casa é o contrário, marido que ouve que Arthur não levou nada dele...eheheheh
Aí eu digo que levou sim: o GÊNIO... teimoso que nem o pai!!
Mas quando ele sorri, fica igualzinho ao papai...ehehe
Desencana, ela ainda vai crescer, quando estiver com uns 6 meses já começará a definir o rostinho que vai ter quando for gente grande... e muita coisa vai mudar até lá...
Beijo grande!

luterceiro disse...

Quando a Alice nasceu, era a mesma coisa. Toooodo mundo dizia que ela era a cara do pai. Como assim, eu fiquei barriguda por 9 longos meses e o bebê é a cara do pai? Tentaram me consolar com um papo cientifico de evolução, que o pai tem que se reconhecer na cria, para não abandonar e proteger e blá-blá-blá. Sei não, conversa mole de cientista macho tentando convencer a pobre cara-metade. Ou então esse papo de que a bochecha parece. Ou as sobrancelhas. Parece prêmio de consolação! Mas é isso, depois eles mudam. Hj em dia já acho a Alice a minha cara! :D

"ZZ" disse...

Orelha do pai impressionante!!!
Mas tem o seu sexo.
ZZ

Tati Schiavini disse...

Ai ai Lia, parecemos barriga de aluguel, parimos e elas saem a cara do pai...rs.
Sempre digo que a boca da Ana é minha, mas ela de chupeta quem nota? -rs-
Agora, achar semelhança na orelha foi o máximo! E a orelha é mais parecida com a tua (não que seja igual...rs.)
Beijo, bom final de semana pra vocês.
www.comtdetati.blogspot.com

Renata disse...

Pra te consolar: quando o André nasceu foi a mesma coisa, todo mundo dizendo que era a cara do pai, mas ele foi crescendo, crescendo e hoje é a minha cara (e não sou eu que digo, todo mundo acha).
A esperança é a última que morre...rsrsrs!
Só tenho que confessar que acho fofo bebês com a cara do pai!! rs!
beijos

Jacke Gense disse...

Poxa amiga... to achando que pelo jeito só o branco do olho..pois até a orelha eu nao achei que parece..rsss

bjs

Amanda Lima disse...

Mas o pior mesmo não é a família dizendo que é a cara do pai(por que é mesmo)e sim gente na rua(leia-se 'nonas' que deveriam estar em casa) te perguntando se você é BABÁ da criança!!
Quase matei, mas me controlei e disse que não, era minha mesmo. E ela perguntou se eu TINHA CERTEZA!!!
Respondi que sim, vi ela sair ali 'debaixo', e peguei no colo ainda ligada no cordão e não larguei mais até hoje.
AFF, é ou não pra matar?
Nem te preocupe que é assim mesmo, só responda que é tua sim e não interessa a carinha, o coração é igual o da mamãe.
Beijos

Kelly Resende disse...

hehehehe... Muita gente tb tem dito que a Clara é a cara do pai. Eu acho que ela tem o formato do rosto igual ao pai, mas pra mim a semelhança para por aí.

Sarah disse...

Lia, te entendo totalmente. Aqui em casa é a mesma coisa, todo mundo fala que Bento é a cara do pai (e eu vi fotos do meu marido criança... realmente Bento é beeeem parecido, mas fica entre nós ok? kkk).
Pior é quando alguém são resolve dizer que ele se parece comigo... e rebatem na hora, dizendo que não tem nada meu, só do pai, como se fosse impossível parecer comigo em qualquer coisa!!
Meu consolo é o nariz. Esse sim todos dizem unanimemente que é como o meu. Já é alguma coisa né...
Por isso... sim, a Emília tem a orelhinha IDÊNTICA à sua! :P
um beijo!

Nanda disse...

Já olhou a unha do pé?? eheheh

bjss

Mariana disse...

É igual á orelha do pai!

Blog Archive

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.