quarta-feira, 13 de julho de 2011

Um ano e meio depois e...

...ela já vai ganhar um irmãozinho (ou irmãzinha).

...emagreci 15kg dos 13 que tinha engordado na gravidez, e engordei novamente os 13kg. Só tenho dois de crédito até o fim da gestação pra terminar com os mesmos 67kg que eu tinha quando dei Emília à luz.

...ainda uso sutiã de amamentação. Nem precisava ser o tempo todo, porque Emília dificilmente mama em outros horários que não sejam de manhã cedo e antes de dormir. Mas, por via das dúvidas... fora que eles comportam muito bem meus seios de grávida.

...nunca passei mais de 10h longe dela, com muito orgulho, com muito amor. Ela também nunca dormiu fora de casa sem nós, nem nunca viajamos sem ela. Pretendo deixar esse momento pra depois que ela tiver dois anos ou, em caso de necessidade extrema, depois que o bebê nascer. Mas aí, né? Como não vou ter coragem de deixar o segundinho, acho que as viagens de casal vão ter de ficar mesmo pra depois que o 65º filho desmamar. (não entendeu? Leia este post).

...ela está começando, aos poucos, a conhecer os laticínios. Por enquanto, dou só queijo branco e iogurte natural orgânico. É, aquele azedo mesmo. Ela come que se acaba, sem açúcar, sem nada, às vezes com fruta ou com aveia.

...ela nunca comeu chocolate, obviamente.

...ela está começando a formar pequenas frases, com entonação e tudo: “dá cença, mamãe”; “tau, papai”; “maish mamão”; “tsêtsê, mamãe” (senta, mamãe); “esse mamá” (quando quer o outro peito), “dê o auau?” (cadê o auau?). É engraçado porque às vezes ela tenta emendar várias palavras e troca as sílabas, então fica tudo lindamente incompreensível.

...nossa vida está praticamente normal. Voltei a cozinhar, cultivar plantas, ir ao cinema sozinha com o marido, ler antes de dormir, fazer sexo regularmente. Alguém diria que nossa vida não tem nada de normal: nossa casa fica com as luzes baixas e sem barulho a partir de 19h, vou dormir às 21h e acordo às 5h, não assisto mais TV, evito ao máximo sair à noite (nessas situações, chamo alguém pra ficar com Emília depois que ela já está dormindo), não bebo (mais por causa da gravidez que da lactação). Mas o meu normal agora é esse, minha gente! Até desmamar o 65º filho.

Mas não vale a pena, por um sorriso destes?



(Viram como eu sou liberal? Isso na boca dela é uma pipoca! Não de microondas, obviamente.)

16 comentários:

Dani Garbellini disse...

E como vale a pena, né? Linda!

Adorei a sua "vida normal". A minha é bem parecida. E acrescento que não rola programas noturnos do casal, apenas individualmente, daí o outro fica com o pequeno. E fui acho que duas ou três vezes ao cinema com marido em três anos!!! Viajar sem ele? Bom, a gente acha que daqui uns 5 a 10 anos a gente talvez viaje sozinho, isto porque pretendemos ter apenas dois filhos. hehehe

Com um ano e meio Arthur também não comia chocolate e apenas queijinho branco, do iogurte natural ele não gostou. Mas comia bolacha de amido de milho na casa da vovó e eventualmente um pãozinho de padaria. Hoje com três anos, ele já descobriu os doces e adora, mas apenas em momentos ocasionais, como festas de aniversário e um chocolatinho às vezes, nada na rotina. Não, ele não tem a alimentação dos meus sonhos, mas o que consegui de melhor e já me sinto satisfeita.

Adorei o post! Beijos!

adoceriadatathy disse...

ohh se vale!!!!

bjsss

Carol disse...

vaaaale, dona liberal!
aqui em casa o ritmo está começando a ficar mais calminho tb. Lembro sempre da sua frase "22h é alta madrugada" e, puxa, como é. Outro dia, uma tia ligou pra cá às 23h e eu fiquei abismada com tamanha audácia. Eu tava no décimo sono.

Mas enfim, vale mto a pena!

beijos (ameeei as fotos do post do final de semana)

ps.: não esqueci do presentinho não, viu? surgiu um pobrema, mas já resolvi e devo te mandar ainda essa semana!

Chama a mamãe disse...

A Emilia tem o msm tempo da minha princesa, e eu também agora comecei a voltar a cozinhar, sexo regularmente, e outras coisinhas....
Só não engravidei do segundinho ainda, maridão queria, mas achei melhor deixar para ano que vem.
Boa sorte!!! Bjos

Tchella disse...

sabe oq me faz chorar escondida? haha pensar no dia que eu for pra maternidade ter o segundinho e ter que me afastar do batatinha... claaaaaro que vou estar MEGA feliz com a chegada do segundinho, mas... nao dá pro lucas ir junto? nao dá pra ficar a familia toda junta? serio... que aperto que dá no meu coraçao... nunca fiquei mais que uma hora e meia longe dele... óia nem sei... hehehe

brenditz disse...

A vida normal tão anormal pra quem ainda não entende, né?! Faz parte... Pra quando é o segundinho, Lia? Até hoje eu não sei, mas sei que já tá perto, né?! Deus abençõe sua linda família!
Bjus

Nuana disse...

Parabéns para o 2 de muitos/////saúde e felicidade

Marcela lusia disse...

vale muito sr.liberal hahaha

Fernanda disse...

Lia, você é muito natureba... Acho o máximo!! Beijos

Mariana - viciados em colo disse...

que linda esta menina!
um ano é uma data e tanto...
beijoca e parabéns

Cíntia Anira disse...

Lia, não conheço aqui na Suécia uma pessoa próxima a mim que fique mais de 10 horas longe de um filho de 1 ano e meio :o

Marina disse...

kakakaka Seu comentário sobre ser liberal foi o melhor! kakakaka Ironia fellings!
Não uso mais sutiã de amamentação, Bia já dormoiu fora de casa acho que umas 10 vezes e acho que irá dormir toda terça na casa da vó! Já comeu chocolate uma vez e eu quase enfartei! rs Pipoco nunca comeu! Já emagreci 14 dos 11 quilos que engordei, nem por isso estou magra, engravidei gordinha mesmo! Tenho mais 5 pra perder!

Bia come queijo (cotagge, minas, requeijão e brie).
Evitar sair a noite tb evito, mas qd tenho que sair, saio com ela mesmo. Esse fds, tadinha, tem casamento sexta e festa de 30 anos de amiga no sábado. Ela nos acompanhará nos dois eventos!
Nunca viajamos sem ela! Aliás, esse assunto vai virar post amanhã!

Beijoca

Karen disse...

Também sou super a favor de alimentação saudável! Mas minha filha mais velha (de 3 anos e meio) come chocolate de vez em quando. Seu primeiro foi com dois anos e meio. Tento dar um bom exemplo também e torço para que seja uma lição que fique! Será que elas continuarão assim?

Beijo,
Karen
http://multiplicado-por-dois.blogspot.com/

Luciana - Descobertas disse...

Oi Lia..

Que gostoso ler esse post e engraçado ao mesmo tempo! O normal aqui de casa mudou muito também! Acho que o que mias mudou foi a TV, quase não ligamos e quando ligamos vai mais para o DK.

Doces nem pensar tão cedo!

E me diga uma coisa você conhece outros blogs de mães cearense, queria encontrar mias gente de nossa Terra pela mommysfera! E vc? Mora aqui?

Bjs

Mariana disse...

Oi, adorei o post! E somente hj conheci teu blog! Estas de parabens! Menina linda! Um beijo mariana www maricandi blogspot com

Anne disse...

Lia que demais, me identifico sempre!
Fui lendo e fazendo um "check" mental!
Fora o dormir uma noite fora - Joaquim já dormiu 2x na avó - e o sutiã de amamentação - eu não uso faz tempo, virei adepta dos tops de ginástica e arregaço para baixo na hora do mamá - estamos juntas!

E que coisa, como gostam de iogurte, né?
O povo fica tenso comigo "ele via comer esse negócio azedo? porque vc não dá danoninho?"... MAS ELE COME, E LAMBE E AMA!

Batemos com frutas e até eu me animo de tomar (em prol de bebezico #2, pq não sou uma grande fã de iogurte...)
bjo

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.