segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Minhas adoráveis visitas

Está aberta a temporada de visitação a Margarida. Dizem que segundo filho recebe menos visitas. Não sei se é verdade, porque a coisa tem estado bem animada por aqui. E quando eu digo animada, é animada mesmo.

Agora as visitas vêm com crianças. Nada daquele silêncio sacral e mãos higienizadas com álcool gel. Agora são bebês e mini-crianças compartilhando copinhos de transição, babando na mesa de centro, pisoteando muffins orgânicos e pães-sem-queijo e chacoalhando os bichinhos do bouncer do bebê visitado.

As visitas não permanecem aquela meia horinha protocolar, mas se deixam ficar até que a puérpera ou a anfitriãzinha de 1 ano e 9 meses permitam que elas as abandonem ao tédio dos dias chuvosos. Ou pelo menos até que o papai chegue.

As visitas de Margarida não se limitam à sala de estar. Emília as leva ao seu quarto, ou elas seguem destemidamente para a cozinha enquanto suas mães correm atrás fechando as portas que dão acesso a facas e líquidos venenosos. E a puérpera não se sente na obrigação de ficar no sofá fazendo sala, mas convida seus hóspedes a molharem as plantas (e comerem terra) no hall da área de serviço, enquanto ela esfrega algumas fraldas e bate papo com a amiga, mãe do terrófago.

As amigas da mamãe de Margarida trazem presentes em dobro. Elas se deixam levar pela mão pela irmã mais velha de Margarida e atendem seus pedidos de ouvir uma historinha ou desenhar um auau. As visitas de Margarida se oferecem, sem cerimônia, pra passar um pano na sala e limpar as migalhas esmagadas do lanche.

Um obrigado sincero aos meus mini-visitantes Alice, Rafa, Cali, Benjamin, Tetê, às minhas amigas queridas com ou sem filhos e a todos aqueles que vieram ou ainda virão nos visitar nos próximos meses.

15 comentários:

Tathyana disse...

Ameiiiiiiii!!!!

Bjssssss.

Sarah disse...

Ahhh fiquei com vontade de visitar a Margarida... E desenhar com a Emília, e molhar as plantas com vc e comer pão-sem-queijo!
bjos

Paloma, a mãe disse...

E eu preciso repetir a dose com a Ciça, urgente, pois a Emília ficou perguntando por ela e ela ficou triste de não ter ido!
Ah, e outra coisa diferente com o segundo filho é que eles vão pra rua muito mais cedo. Sua primeira visita para a Cali foi em um passeio para tomar sol, lembra? E a gente conheceu a Margarida com seis dias passeando pela quadra no sling, com Cali e Ciça brincando e se sujando no chão. Mesmo que as meninas não tenham encostado nela, uma mãe de primeira viagem não permitiria isso, em geral.
São coisas que a gente só faz com segundinhos e terceirinhos...
Beijos

Tati Schiavini disse...

Visitas assim são bem-vindas sempre!

Li seu relato de parto, me emocionei e divulguei às mães amigas. Todas também se emocionaram.
Parabéns por nos contar um momento tão precioso de vocês!

Beijo e saúde!

Mari Mari disse...

eu tive meu segundo filho bem longe da familia, tinha acabado de me mudar, entao nao tive nenhuma visita. Mas visitei amigas que tiveram segundo filho, levei joaquin, e é assim mesmo. a mae-de-primeira-viagem é um ser delicado, feito de vidro, mas a mae de segunda viagem tira tudo de letra, é de ferro, é de plastico, é de borracha. eu SEMPRE digo: mais legal que primeiro filho é o SEGUNDO filho!! muito mais facil, sem medos, sem receios, tudibom! beijos pra voces!

Mariana - viciados em colo disse...

ai,lia, fiquei com vontade de visitar a margarida também e fazer tudo que tenho direito: passar umas fraldinhas, arrumar uns brinquedinhos além de papear muito! adorei!
beijoca

Dani Garbellini disse...

Também quero visitar a Margarida e levar meu arteiro!

E quero receber visitas bacanas assim quando encomendar @ segundinh@.

Beijos!

Thaís Rosa disse...

visita boa é assim!
mas sabe que aqui a visitança foi maior com caio, mesmo. era festerê todo dia, o dia todo.
mas com nuno as visitas eram mais prestativas, isso sim, talvez até por eu já ser puérpera de segunda viagem! rá!
também fiquei com vontade de visitar!
beijoca

Carol Garcia disse...

aiiii...tbm quero !!!!
sintam-se, então, virtualmente abraçadas e visitadas.
pq ó, bauru e brasília não estão pertinho nem na ordem alfabética.
bjocas

Ana disse...

Que bom que está tudo em harmonia :)

Lia eu vi o recado para vc no peripécias do rei.
Esse tipo de problema está acontecendo quando os comentário são embutidos ao post.
Por enquanto só conheço duas soluções.
Ou a pessoa baixa o navegador google chrome (foi o que eu fiz)e esse problema some, ou vc altera a posição dos comentário para Janela. Aí volta a funcionar para todos.
Beijos!

Lia disse...

Ana do céu, valeu demais! Já mudei, espero que volte a funcionar.

Luíza Diener disse...

nós é que agradecemos, sempre ;)

hoje à tarde também tem mais. oba!

Coisas de mãe disse...

Oi Lia, tudo bem?

Acho que você deve estar numa fase bem caseirinha, de ficar grudadinha com as meninas, curitndo elas (e as visitas rsrsrs)... mas nnao queria deixar de te convidar:

Amanhna eu e a Fe PAraguassu vamos estar em Brasilia para o lançamento dos nossos livros. Se você quiser dar uma passeadinha, vou adorar conhecer vocês! Vai ser no Shopping Terraço, na loja centopéia, as 16hs!

beijos para todas,

Pati

Patrícia Boudakian disse...

Lia, que post delicioso. Também fiquei com vontade de visitar a Margarida. E olha que Alice já está bastante apta a comer terra. (adora!)

beijoca!

Ana Paula - Journal de Béatrice disse...

Lia!!
Ja li todas as dicas de visitas no pos-parto. Estarei em Brasilia a partir do dia 28 de novembro e espero que a visita esteja de pé e te mando um email com mais detalhes ; )

Ja larguei mão de comprar um brinquedinho para a Emilia, um trombone para ela ter contato com a musica... Puxa vida, vai ficar pra proxima ; ) Brincadeira.

Beijão pra vc, Emilia e Margarida

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.