terça-feira, 31 de maio de 2011

Sinais de fumaça

Notícias rápidas que não posso deixar passar.

Dois

No meio de tantas novas palavrinhas que surgem a cada dia, a mais notável recentemente é “dêsh” (dois). Sei que parece mais três ou dez, mas é dois mesmo. Emília pega dois objetos da mesma natureza – dois copos, duas garrafas d’água, dois ímãs de geladeira –, um em cada mão, e exibe orgulhosa:

- Dêsh!

Não sei onde ela aprendeu isso, se foi por observação ou se foi na creche. Mas achei fantástico ela demonstrar tão cedo a noção de plural.

Colostro

Poucos dias depois de uma ansiedadezinha pelo leite que parecia estar acabando, eis que surge o divino colostro! Foi uma sensação de alívio e muita alegria quando eu espremi minhas mamas e em vez das gotinhas mixurucas de leite, escorreram devagar fios de um líquido transparente. Sorri.

Emília parece estar gostando ainda mais dessa novidade (será por memória?). Agora ela pede “mamá” (antes ela me beliscava no colo), e pede “maish”. Ela é uma privilegiada por poder mamar novamente esse alimento tão nutritivo, e por pelo menos uns três meses!

Ah, e ainda não entrei, tecnicamente, no último trimestre. O bichinho veio cedo, para a alegria de todos e felicidade geral da mamação.

Crianças primeiro

De tudo que li a respeito de puericultura, sempre me senti mais inclinada a aceitar as ideias que valorizavam a criança enquanto indivíduo, o respeito aos seus sentimentos e – por que não? – às suas vontades. Disciplina extrema e autoritarismo nunca foram a minha praia, apesar de eu ter fama de brava.

Mas eis que algumas coisinhas a gente só aprende mesmo com a prática.

Sou uma pessoa meio sistemática, gosto de fazer logo as obrigações pra depois poder relaxar. Com isso, costumava deixar Emília brincando sozinha enquanto eu me ocupava de meus afazeres. Quando eu terminava, ficava só com ela.

Com a idade, a capacidade que a criança tem de esperar vai mudando. Um recém-nascido é impaciente para se alimentar, mas pode ficar bastante tempo entretido olhando pra parede. Emília, com 1 ano e 4 meses, consegue esperar que eu termine de esquentar a sopa, mas pode se aborrecer se eu pedir 5 minutos antes de ler um livrinho com ela.

Então mudei. Quando chegávamos da creche, a primeira coisa que eu fazia era tirar as roupas e fraldas sujas da bolsa dela e dar uma esfregada. Depois, tentava trocar de roupa, tomar um suco, tudo antes de me ocupar de Emília. Em vez disso, agora eu chego em casa e vou direto pro quarto dela pra lermos um, dois ou três livrinhos. Isso me toma no máximo uns dez minutos. Depois, satisfeita com o denguinho, ela fica brincando sozinha um tempo absurdo, e eu posso fazer tudo com muito mais calma.

Ontem ela ficou mais de meia hora no banheiro tirando as gazes da embalagem, passando no rosto e guardando de volta (vejam como minha filha é higiênica e organizada).

Quando possível, crianças primeiro. É muito mais provável que os momentos seguintes sejam de tranquilidade.

14 comentários:

Angi disse...

Oi Lia,
que amor a Emilia falando dois!SUPERFOFA!
Eu não sabia, que o colostro podia vir tão cedo, que maravilha,hein?
E, a dica de crianças primeiro é muito boa mesmo!!
Beijos
Angi
adoro aqui,viu?não some mesmo, sempre dá uns sinais de fumaça...e aparece lá no blog para conhecer!
maedeguri.blogspot.com

Neda disse...

Oi linda!
e viva o colostro! Comigo foi e esta sendo assim. Desta vez veio um pouquinho antes.
Bjks

Marcelo Vieira disse...

Deve ser por isso que dizem que quando os filhos nascem vivemos em função deles. Estão sempre com prioridade!

Ótimo post! Parabéns!

Abraços Paternos!
http://mmppv.blogspot.com/

Roberta Lippi disse...

Vê se não some tanto, hein...
Que interessante esse negócio da formação do colostro. A natureza humana é mesmo incrível, né? Já está produzindo o alimento do bebezinho. Ontem eu estava conversando com a Anne Super Duper sobre isso e falei pra ela que só fui descobrir que é possível amamentar estando grávida com você. Ela também está seguindo a mesma linha.
Dêsh beijos na fofa da Emília.

Mari Mari disse...

oi, lia

saudades dos seus post. engracado, caqui tb aprendeu "dois"primeiro. Agora ele conta de 2 a 4 (?). o "um"nao aparece nem por decreto!

Camila disse...

Nossa, amei essa frase: "Quando possível, crianças primeiro. É muito mais provável que os momentos seguintes sejam de tranquilidade." É realmente verdadeira e memorável, todas as mães deveriam copiá-la e pendurá-la na porta da geladeira!!
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.com.br

Cíntia Anira disse...

Lia, meu colostro veio no terceiro trimestre. Eu usei aquelas conchas para estimular, sabe? (eu fazia qualquer coisa para poder amamentar!). Mas a cor do colostro não era transparente, era amarelado. O da Emília também era transparente?

Lia disse...

Cíntia, transparente amarelado serve? ;)

Paloma, a mãe disse...

Adorei a "felicidade geral da mamação"!
E, sim, pelo menos aqui em casa, quanto maiores elas ficam, mais exigem minha presença! Às vezes eu não posso nem ir beber um copo d'água que já ouço reclamação!
Beijos

Nine disse...

Oi Lia!
Aqui em casa tb faço uso da preferência infantil e atesto que é bem mais tranquilo fazer qualquer coisa depois de dar uma atenção básica para a filhota!

Beijos,
Nine

Fabiana disse...

Lia, adorei a dica!! Pq sou como vc... chego em casa e quero dar uma arrumada na mochila das duas antes de dar atenção... Júlia já é grandinha e espera bem, Joana tá crescendo e a paciência diminuindo! Vou aplicar a técnica denguinho antes lá em casa!!
bjs
Fabiana
http://2-ao-quadrado.blogspot.com

Fernanda disse...

Que bom vc dar sinais de fumaça já estava com saudades dos seus lindos posts!!!
Que bom que o colostro chegou!!! Que sorte da Emília ter uma mãe tão persistente e consciente!!
Quanto a dar atenção primeiro aos filhos, é verdade!! Já li a respeito mesmo: se dermos um pouquinho de atenção eles já ficam saciados e brincam sozinhos mais felizes!! Beijos

(Mamãe) ~Pinel disse...

Eu sempre brinco com a Lara antes também! Já tinha percebido que ela se sentia mais satisfeita!

Agora, me fala uma coisa...
COMASSIM EU NÃO SABIA QUE TINHA UM SEGUNDINHO A CAMINHO E PIOR, QUE JÁ ESTÁ QUASE CHEGANDO! omg!
hehehehehe

Suas atualizações não estavam aparecendo para mim! Mas agora passarei por aqui sempre!


Beijo!

Anne disse...

eu tenho uma dificuldade monstra de priorizar. sempre tenho que terminar as obrigações, certamente vc tem razão (aliás como sempre, o que há com vc que sempre concordo?)

eu estou sentindo já a tensão da redução do leite... como eu disse nunca fiz a mais vaga idéia do "quanto" joaquim mama, mas empíricamente as mamadas tem durado, se eu deixar, 1 hora... peitinhos murchos, quando apertados não esguicham mais... ai que nervoso!
mas seguimos no chup chup... não há como errar!
hahah

joaquim tb anda falando muuuuito!
coisas tipo "qui que gô?" quem chegou?
como pode né?
bjo

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.