sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O limão e a melancia

Sabe aquela asneira que tanto ouvimos sobre a dificuldade de se passar "uma melancia por um buraco onde só passa um limão"? Isso seria um parto, segundo nossa cultura parto-fóbica.

Mas, principalmente para as grávidas de primeira viagem, se querem um parto natural mas têm medo, sugiro dois exercícios:

1) Lembre-se de que o maior diâmetro de uma melancia é o meio dela - diferente do seu bebê, que não é uma bola, mas uma pessoinha encolhida que se estirará para nascer. O maior diâmetro de um bebê costuma ser o da cabeça - que, além de ser beeeem menor que uma melancia, ainda é maleável para adaptar-se à pelve e ao canal de parto.

2) Observe suas intimidades no espelho. Sério. Pra uma melhor visão, sugiro sentar sobre uma bola de pilates, diante de um espelho de porta ou de parede. Vocês ficarão estarrecidas com o tamanho daquele buraco "por onde só passa um limão". Gente, sem esticar nada, dá pra passar pelo menos um limão siciliano. E dos bons. Fé na passagem, minha gente!

+++

Esqueci de especificar, não sei se ficou claro: a portinha de saída do bebê fica gigante durante a gestação. A vagina cresce horrores, assim como um tal órgão masculino que tem a capacidade de aumentar de tamanho. Como eu já ouvi de uma parteira, contando sobre a própria experiência de ver suas partes no espelho enquanto grávida: "Isso não me pertence!".

8 comentários:

Dani Garbellini disse...

Adorei!

Patrícia Boudakian disse...

É isso mesmo, Lia. Falou tudo, tudinho que penso. Eu não senti nada quando Alice coroou e muito menos quando passou pela vagina.
Nas 4 últimas semanas fiz muitos exercícios para o períneo com óleo de girassol morno e ajudou muito. Eu ficava de cócoras e repetia os exercícios.
Se quiser fazer, ajuda muito. Vou te passar um e-mail sobre, tá?
Grande beijo!

Paloma, a mãe disse...

Adorei, Lia, simples e direto (e muito informativo). É isso aí, minha gente, cresce e incha, fica toda preparada para a passagem do bebê, independentemente do seu tamanho ou peso.
Beijos

Ivana - coisademae disse...

Lia, que post maravilhoso, prático e cheio de conteúdo! Adorei a analogia!!! Com certeza o nosso corpo está preparadíssimo para um parto normal. Pari meus três filhos naturalmente e o caçula, João, nasceu com 3,970Kg e sem anestesia. Alguém ainda duvida que dá pra passar um bebê grandão assim?

Bjos!

Maura disse...

Direto e certeiro!!!
Sabe que durante a gravidez não notei que cresceu?!?!?! Mas tb não parei na frente do espelho pra olhar...

Quero lhe convidar para participar do novo sorteio do "Coisas da Maura". O prêmio, oferecido pela Tramontina, é um lindo COOKTOP VITROCERÂMICO!

Acesse até 26/08:

http://coisasdamaura.blogspot.com/2011/08/sorteio-concorra-um-cooktop.html

Participe também do sorteio de um kit bebê com 5 produtos da marca MAM, até 15/08:

http://coisasdamaura.blogspot.com/2011/08/novo-sorteio-kit-bebe-rozelandia-baby.html

Boa sorte!

Maura, mamãe da Sophia
coisasdamaura.blogspot.com

Luíza Diener disse...

vem aqui em casa ver o video? vem vem!

Juliana disse...

Oi Lia, conheci o seu blog e achei fantástico. Você já me emocionou muito com suas histórias com a Emília. Obrigada! Eu também more em Brasília e vou começar a tentar engravidar. Como quero ter parto normal, fiquei interessada em saber quem foi sua obstetra. Será que você pode me indicá-la? Se preferir, meu email é jupetribu@gmail.com. Obrigada! Juliana

Dani disse...

Disse tudo, Lia. Mais didática impossível.
Tive dois partos naturais e não senti incômodo nenhum com as minhas "melancias". O corpo naturalmente se prepara pro nascimento.

(tentei responder seu comentário por e-mail, já que é assunto diverso do seu post, mas não deu. Lia, sou cearense como vc e lá na nossa realidade não conheci uma só mulher que tivesse amamentado por mais de um mês. Já aqui no sul, é mais comum mulheres amamentando. Não seria cultural? Sei lá...)

Beijo

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.