segunda-feira, 29 de junho de 2009

Mãe de quê?

- Você tem cara de mãe de menino.

Dei uma risada. Tem isso, é? O sexo aparece na cara da mãe?

Era uma colega de trabalho que eu não via há alguns meses. Topando com ela no corredor (ela tem uma filha de 2 anos e algo), contei a novidade. E aí ela disse que eu tinha cara de mãe de menino. Antes de responder, ainda tive tempo de pensar: “Meu Deus, coitada da minha sogra.” Então rebati:

- Pode ser, mas eu quero ter três. Acho que vem dos dois, né?

E ela não foi a única. Notícia recém espalhada, recebo um lindo presente da minha tia Bernadete: um body amarelinho com um sapatinho e uma luva combinando. Coisa fofa. Pensei: unissex, muito bem. Então olhei bem os detalhes e mudei de ideia. Estampadas, a imagem de um mocinho de gravata e de um bebezinho com cabelos espetados no alto da cabeça. Olhei, re-olhei, e cheguei à conclusão:

- Tia, você me deu uma roupa de menino.
- Mas é amarelo! Era pra ser unissex.

Depois ela confessou:

- Achei que era unissex, mas no fundo eu acho que você vai ter um menino. O Evilásio (filho dela) vai ter uma menina, mas você vai ter um menino.

Minha sogra também se conformou: “Vai ser homem, tenho certeza!”. Ela sempre quis ter uma menina – a Paula –, mas vieram três menininhos fofos. Durante os últimos anos, só falava da neta dela. Comprou até uma meinha de florzinha, isso antes de eu casar com o Rafael! E agora que a vinda do primeiro neto se confirmou, ela preferiu se desiludir desde já, para evitar decepções.

Pessoalmente, quero ter dos dois. Deve ser uma experiência muito diferente criar meninos e meninas. As coisas de meninas costumam ser mais bonitinhas (aqueles bonequinhos de monstro são um horror!). Por outro lado, quando eles crescem, acho o máximo uma mãe com os filhões do lado. Como minha sogra.

Por enquanto, só posso achar graça dos palpites. Afinal, ainda falta muito tempo pra sabermos mãe de quê eu serei de fato...

7 comentários:

Luíza Diener disse...

eu nem palpito pq meus palpites SEMPRE são errados!
ahahaha!

mas antes mesmo de engravidar eu já ouço palpites desses.

é assim, sempre vai ser.
às vezes acho que são palpites honestos.
outras, acho que é gente que não quer ficar sem o que dizer e chuta o palpite.

afinal, a chance é de praticamente 50% de acerto né?

Lidia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lidia disse...

Acho q vai ser menina...só pra ser do contra mesmo :-)
Confesso que meu maior temor de ser menina é que ela grite q nem a Lia...hhihihi

brenditz disse...

Nunca tinha pensando em cara de mãe de que você é... Mas olhando por esse lado, você até tem cara de mãe de menino mesmo!
Bjus

Luíza Diener disse...

fiz um meme lá no meu blog.
não sei se vc sabe o que é ou se vai querer responder, mas achei por bem te indicar :)

clica aqui pra ver

beijinhosssss
:)***

Roberta disse...

Oi, Lia,
Cheguei aqui no seu blog por acaso, navegando entre um e outro. E adorei seu texto, seu senso de humor.
Vá em frente com esse projeto. No mínimo, você vai ter muita coisa pra guardar depois. As novidades mudam tão rapidamente que logo você já vai esquecendo das coisas pelas quais acabou de passar. Registrá-las é uma forma de não perder essas coisas. Depois que nascer, então, aí é que você vai ver.
Boa sorte na gestação e muita saúde para o bebê, seja ele menino ou menina.
Tenho um blog também e minha filha já vai fazer dois anos. Não estou fazendo propaganda, não, mas tem algumas dicas lá que de repente podem te interessar, porque tem algumas coisas que ninguém fala pra gente antes de acontecer.
Beijos,
Roberta
www.meuprojetinhodevida.blogspot.com

Lia disse...

Pessoal, desculpem não ter respondido a nenhum comentário esta semana! A explicação está no post de hoje. Obrigada a todas pelos comentários e muito prazer, Roberta!

Seguidores

 
Blog Design by Template-Mama.